segunda-feira, 23 de março de 2020

Prefeita de Guaratinga declara situação de emergência e determina fechamento do comércio.

Foto : Reprodução / Prefeitura de
Guaratinga 



A prefeita de Guaratinga, Christine Pinto, declarou situação de emergência e determinou nesta segunda (23) o fechamento obrigatório do comércio na cidade, com o objetivo de conter a propagação do novo coronavírus. O novo decreto foi publicado no diário oficial.

As exceções são para os seguintes casos:

Padarias;

Farmácias, drogarias e laboratórios;

Supermercados, mercados, minimercados, mercearias;

Serviços bancários de autoatendimento e casa lotérica;

Postos de gasolina;

Comércio e revendas de gás de cozinha e/ou água mineral;

Feiras livres e açougues;

Clínica veterinária e loja de ração e medicamento para animais;

Bares e restaurantes, somente para entrega em domicílio.

As medidas passam a valer a partir desta segunda-feira (23) e valem pelo prazo de 15 dias, podendo ser prorrogado.
“É extremamente necessário que vocês fiquem em casa. Peço encarecidamente”, disse a prefeita Christine Pinto.
Essas novas medidas tomadas pelo município para conter o coronavírus veio após uma reunião na noite deste domingo (22). Durante a reunião com o secretário de saúde, Daniel Santos, a procuradora, Rowenna Nascimento, a chefe de gabinete, Ana Lídia, e o chefe da assessoria de comunicação, Jhon Villy na sede da secretaria de saúde, a prefeita disse vai seguir as orientações do Ministério da Saúde, Organização Mundial de Saúde, Governo Estadual e Federal.

Por : FURO31
Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas

0 Comentários: